Dia Mundial da Criança assinalado em Fornos de Algodres com largada de pombos-correio

Reconhecido oficialmente pela Organização da Nações Unidas (ONU), o Dia Mundial da Criança, é celebrado em Portugal a um de junho. No município de Fornos de Algodres, no distrito da Guarda, a data foi assinalada com diversas iniciativas, proporcionando uma manhã diferente às, aproximadamente, 200 crianças que participaram nas atividades dinamizadas no Seminário de São José. A organização incluiu uma largada de 150 pombos-correio e uma conversa sobre Columbofilia no programa de iniciativas.

Embora a data oficial reconhecida pela ONU como sendo o Dia Mundial da Criança seja 20 de novembro, em países como Portugal, Angola, China, Rússia, entre outros, a efeméride é assinalada no primeiro dia do mês de junho. O ano de 2016 não foi uma exceção, e, em pleno “coração” da Serra da Estrela, na vila de Fornos de Algodres, a alegria e os sorrisos dos mais novos foram uma nota comum durante as comemorações do “seu” dia. Durante a manhã houve uma largada de pombos-correio, que foi dinamizada pela Sociedade Columbófila de Mangualde (SCM), uma coletividade da Associação Columbófila do Distrito de Viseu (ACD Viseu).

A Câmara Municipal de Fornos de Algodres criou um programa de atividades para festejar o Dia da Crianças, com iniciativas que abordaram diversas temáticas, desde a sustentabilidade ambiental, aos estilos de vida saudável, passando pela prática de uma cidadania ativa. O Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, a Guarda Nacional Republicana, a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres ou a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens foram algumas das entidades que se uniram na tentativa de proporcionar um dia único e inesquecível os jovens do município.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Também a Sociedade Columbófila de Mangualde e a Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC) se associaram à autarquia local. Em representação das duas entidades esteve o columbófilo João de Carvalho, que mostrou às crianças presentes a beleza do pombo-correio e a magia e o brilho da columbofilia. Antes da largada houve uma palestra, um momento em que João Carvalho falou sobre este desporto, desde a vertente competitiva à vertente social, sensibilizando os mais pequenos, por exemplo, para os métodos de comunicação e recuperação de pombos-correio, salientado e necessidade de fazer retornar estes “atletas” aos seus pombais.

A largada decorreu às 10h45, aproximadamente, sob uma temperatura amena e céu limpo. Perto de 150 pombos-correio voaram no Seminário de São José, deliciando as crianças e os adultos que estiveram presentes. Quem sabe se neste público, não há novos columbófilos e novos apaixonados pela modalidade.

Deixamos uma vídeo da largada dos pombos-correio.