Equipa Asas de Tolosa vence o Campeonato do Columbófilo na Zona 2

A FPC continua a focar os vencedores das zonas nos Campeonatos Nacionais de Fundo 2016. Na zona 2, que engloba os distritos de Coimbra, Leiria, Portalegre, Santarém e Viseu, o vencedor do campeonato do melhor columbófilo é da Tolosa, localidade do concelho de Nisa, no distrito de Portalegre.

Composta pelos columbófilos Ricardo Severino e João Rosa, a equipa Asas de Tolosa, coletividade da Sociedade Columbofilia Nisense, da ACD Portalegre, alcançou o primeiro lugar graças às boas prestações de 4 “atletas”. No total foram 12.414 pontos obtidos nas duas soltas.

cla

Entrevistámos o columbófilo Ricardo Severino acompanhado pelo filho Rodrigo Severino .

Na segunda parte da entrevista Ricardo Severino falou da maior dificuldade que sente para manter a atividade columbófila. Os planos para a campanha de 2017 e o número de “atletas” que participaram nos Campeonatos Nacionais de Fundo 2016 foram outros temas da conversa.

Pode consultar a classificação do Campeonato do Melhor Columbófilo na Zona 2 em Campeonato Nacional de Fundo – Classificação dos Columbófilos

Deixamos algumas fotografias de Ricardo Severino e de Rodrigo Severino junto ao pombal da equipas Asas de Tolosa.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

 

Na Zona 2 o vencedor do Campeonato do Pombo-Ás é do Crato

A FPC continua a destacar os vencedores das três zonas dos Campeonatos Nacionais de Fundo 2016. Na zona 2, que engloba os distritos de Coimbra, Leiria, Portalegre, Santarém e Viseu, o vencedor do Campeonato do Pombo – Ás tem o seu pombal no Crato, vila do distrito de Portalegre.

Com a anilha nº 2551815/12 esta “atleta” voou para o 1º lugar, após boas prestações nas soltas que decorreram em Valência del Cid, Espanha.

pombo

Este resultado deu motivos para sorrir à equipa Caldeira & Morais, que é composta pelos dos columbófilos João Manuel Caldeira e Paulo Matos Morais. A competir no Clube Columbófilo Asas de Portalegre, uma coletividade da ACD Portalegre, esta dupla tem tido uma atleta e destaque a nível nacional. Em entrevista à FPC, os columbófilos falaram da sua ligação à columbofilia e analisaram o resultado alcançado.

A colónia, a preparação para as soltas do Campeonato Nacional de Fundo 2016 e a antevisão à campanha de 2017 foram alguns dos temas em destaque na segunda parte da entrevista.

Deixamos algumas imagens com os columbófilos João Manuel Caldeira e Paulo Matos Morais junto ao pombal que teve o pombo-correio vencedor do Campeonato do Pombo – Ás na Zona 2.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vamos continuar a divulgar todos os vencedores das zonas, ao nível dos Campeonatos do Pombo – Ás e do Columbófilo.

Pode consultar todas as classificações em Portal de Classificações Nacionais 2016

 

 

Jorge Santos vence o Campeonato do Columbófilo na Zona 1

A FPC continua a destacar os vencedores das zonas nos Campeonatos Nacionais de Fundo 2016. Na zona1 , que engloba os distritos de Aveiro, Braga, Porto e Viana do Castelo, o vencedor do campeonato do melhor columbófilo é de Murtede, localidade do concelho de Cantanhede.

Jorge Santos, columbófilo do Grupo Columbófilo da Mealhada, conseguiu a conquista deste campeonato depois de ter somado 34.581 pontos nas duas soltas, através de quatro “atletas” da sua colónia.

classificação

O columbófilo fez a análise ao resultado obtido.

Na segunda parte de entrevista Jorge Santos falou sobre as dificuldades que sente para se manter a competir, revelando ainda as expectativas para a campanha de 2017.

Pode consultar a classificação do Campeonato do Melhor Columbófilo na Zona 1 em Campeonato Nacional de Fundo – Classificação dos Columbófilos.

Deixamos algumas fotografias do columbófilo Jorge Santos e do seu pombal.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Na Zona 1 o vencedor do Pombo-Ás é de Macieira de Sarnes

Já são conhecidos os vencedores das três zonas dos Campeonatos Nacionais de Fundo 2016. Na zona 1, que engloba os distritos de Aveiro, Braga, Porto e Viana do Castelo, o vencedor do Campeonato do Pombo – Ás tem o seu pombal em Macieira de Sarnes, localidade do concelho de Oliveira de Azeméis, no distrito de Aveiro.

Com a anilha nº 3129780/13 este “atleta” voou para o 1º lugar, após duas prestações de bom nível nas soltas que decorreram em Valência del Cid, Espanha.

class do pombo

O pombo – correio deu assim uma alegria ao columbófilo Augusto Pinho, da Sociedade Columbófila de Macieira de Sarnes, uma coletividade da ACD Aveiro. A FPC foi até à localidade do concelho de Oliveira de Azeméis conversar com Augusto Pinho, que é ajudado nas tarefas do pombal pelo irmão, Armando Pinho.

Entre outros aspetos, o columbófilo falou dos seus planos para o futuro.

Deixamos algumas imagens dos irmãos Pinho, junto ao pombal que teve o pombo-correio vencedor do Campeonato do Pombo – Ás na Zona 1.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A FPC vai continuar a divulgar todos os vencedores das zonas, ao nível dos Campeonatos do Pombo – Ás e do Columbófilo.

Pode consultar todas as classificações em Portal de Classificações Nacionais 2016.

 

 

Dani Andrade venceu a prova final do Campeonato do Mundo de Jovens 2016

O columbófilo português, natural de Sernancelhe, município do distrito de Viseu, Dani Andrade, venceu a solta final do Campeonato do Mundo de Jovens. A prova decorreu na passada segunda-feira e o pombo-correio português com a anilha nº 6285412/16 voou para o primeiro lugar, alcançando ainda a segunda posição na classificação geral do Pombo-Ás.

A prova final do Campeonato do Mundo de Columbofilia 2016 foi organizada pela Federação Columbófila Internacional (FCI), em parceria com a Real Federação Belga de Columbofilia-Royal Fédération Colombophile Belge. A solta aconteceu às 07h40 (hora belga, menos uma hora em Portugal), na cidade francesa de Tours. Com condições de voo difíceis e numa prova complicada, os pombos-correio tiveram de percorrer 456, 946  kms até chegar a Nevele, local onde está situado o pombal, já em território belga. No próprio dia da solta -15- apenas um “atleta” chegou ao pombal.

O campeão de Dani Andrade chegou no dia 16, às 07:22:25 (hora belga), o que traduz num média de 484.87 m/m. Deixamos as classificações do Campeonato do Mundo de Jovens com os pombos-correio que chegaram até ao momento.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Entrevistado pela FPC o jovem de 21 anos, que compete na Sociedade Columbófila de Sernancelhe, coletividade da ACD Viseu, mostrava-se satisfeito com resultado, assumindo que “não estava a contar ficar em primeiro”. Contudo, aquando do envio dos pombos-correio para a Bélgica, a ideia era “fazer o melhor possível”.

Representar a Seleção Nacional Portuguesa e a FPC ficar é algo que enche de orgulho o columbófilo, que assume que está “muito feliz, porque representar Portugal é muito importante”. Dani Andrade é um ex-emigrante, tendo regressado a Portugal em 2005. Na altura a ligação à columbofilia começou por influência do pai, Luís Augusto Andrade. Dois anos depois, o jovem assumiu a gestão do pombal mas admite que “toda a família acompanha esta atividade e estão sempre prontos para ajudar”. A columbofilia teve um papel importante na vida de Dani, “porque dá ânimo à família” e “ajudou na integração”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre a sua colónia, Dani Andrade, revela que criou todos os pombos-correio, não havendo uma linha específica. Para o futuro este jovem columbófilo pretende “fazer mais e melhor”. Na sua família, a paixão por este desporto atravessa gerações, uma situação que leva o sernancelhense a deixar uma mensagem, “os pais devem influenciar os mais jovens, porque a columbofilia é mais uma ocupação e é uma felicidade enorme ver os pombos chegar”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A FPC dá os parabéns a Dani Andrade pelo excelente resultado obtido e saúda todos os columbófilos portugueses que participaram no Campeonato do Mundo de Columbofilia 2016.

Pode acompanhar a chegada dos pombos-correio através da ligação Campeonato do Mundo de Columbofilia 2016. Até ao momento desta publicação, dos “atletas” portugueses, só o pombo -correio do jovem de Sernancelhe tinha chegado.

Columbófilo de Almodôvar transmite lição de vida

Com 24 anos Daniel Guerreiro terminou recentemente a sua campanha desportiva na columbofilia em 2016. Ligado à modalidade há cerca de 4 anos, é na vila de Almodôvar, terra com ligação à exploração do minério, nas minas de Neves – Corvo, concelho do distrito de Beja, que compete.

Os seus pombos-correio procuram brilhar nas provas do Clube Columbófilo Asas de Almodôvar e, também, a nível nacional. O columbófilo almodovarense faz o balanço da última temporada e fala sobre a sua ligação à columbofilia.

Por motivos que ainda estão a ser apurados,para escutar a entrevista num smartphone ou tablet é necessário colocar os fones, podendo depois – dependendo do equipamento – colocar em altifalante. Com colunas móveis também funciona o som. Desde já pedimos desculpa pelos incómodos causados.

Houve uma “atleta” que se destacou em 2016.

Por vezes a vida cria obstáculos, obriga o ser Humano a arranjar uma maneira de lidar e viver com qualquer tipo de contrariedade. Daniel, desde os 3 anos de idade, sofre de um problema que lhe afeta a visão, uma atrofia  do nervo óptico (pode saber mais sobre a doença em Atrofia do Nervo Ótico). A patologia provoca-lhe a perda da visão, na totalidade. Apesar disso o jovem alentejano não se deixa afetar e a columbofilia tem ajudado a criar sorrisos. Com a ajuda de toda a família, em especial do pai, António José Guerreiro, mineiro e bombeiro na vila, Daniel tem continuado a concorrer nas provas da coletividade da Associação Columbófila do Distrito do Beja (ACD Beja), tendo feito este ano a estreia nas competições nacionais de fundo da Federação Portuguesa de Columbofilia (PFC).

O columbófilo falou sobre a sua doença e deixou uma mensagem para toda a sociedade.

Algumas fotografias de Daniel Guerreiro no seu pombal, acompanhado pelo pai.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em 2017, Daniel quer lutar por mais conquistas. O objetivo passa sempre por melhorar e encarar a vida de uma forma positiva. Com 24 anos está ligado à columbofilia, um desporto que lhe dá prazer praticar e o ajuda a encarar diversas situações do dia-a-dia.

 

Contagem decrescente para a final do Campeonato do Mundo de Columbofilia

É já na próxima segunda-feira, dia 15 de agosto, que decorre a prova final do Campeonato do Mundo de Columbofilia 2016. Organizada pela Federação Columbófila Internacional (FCI), em parceria com a Real Federação Belga de Columbofilia – Royal Fédération Colombophile Belge, vai contar com a presença de “atletas” portugueses, que já mostraram qualidades nos treinos e nas semifinais.

Em representação da Seleção Nacional  e da Federação Portuguesa de Columbofilia estão sete pombos-correio, quatro no Campeonato do Mundo e três no Campeonato do Mundo de Jovens.

A solta deve acontecer a partir das 08h00 (horário belga, menos uma hora em Portugal), se as condições climatéricas forem favoráveis.  O início da prova será em Tours, em solo francês, e a chegada em Nevele, local onde está situado o pombal, já em território belga. Os “atletas” vão percorrer 456,946 kms.

Deixamos algumas fotos do pombal belga, retiradas do site oficial do Campeonato do Mundo 2016.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A FPC saúda todos os columbófilos portugueses que tiveram pombos -correio no Campeonato do Mundo. Deixamos a listagem com o nome dos nossos representantes.

Campeonato do Mundo 

Columbófilo/Equipa Nº do Pombo(s)
Rúben Ribeiro Carneiro 6002002/16
Isabel Tavares Nascimento 6070663/16
Alves & Louro 6165902/16
David Barros Madeira 6189029/16 – 6189031/16 – 6189030/16 – 6189032/16
Portugal Super Flying Team 6232530/16
Regal Lofts 6290481/16
Os Barros 6334174/16
Cachopas & Madeira 6393174/16
António Ferreira Branco 6422003/16 – 6422021/16 – 6422017/16
Manuel Pereira 6070643/16
Jansienes Pieter Karst 6099040/16
António José Estrangeiro 6170007/16
António Augusto José 6282611/16
Manuel Germano Ribeiro 6291734/16
Manuel Neto & Francisco Miguens 6351201/16
CheGuevara 6401562/16
Centro de Criação Fora D’Horas 6435501/16

Na prova final estão representadas a equipa Cachopas & Madeira, que venceu o 3º treino oficial de preparação (no passado dia 9 de julho), os columbófilos Manuel Germano Ribeiro, António Ferreira Branco ( pombo nº 6422017/16) e António José Estrangeiro.

Na segunda e última meia – final , do Campeonato do Mundo, o”atleta” de António José Estrangeiro voou ao mais alto nível. Em 139 pombos-correio encestados para a prova, que decorreu no passado dia 5 de agosto, conseguiu alcançar um 2º lugar, depois de fazer uma média dde 1318.83 m/m. A solta decorreu em Mantes – la-Jolie, França, e terminou no pombal belga de Nevele, tendo tido uma extensão de 272, 843 kms.

Campeonato do Mundo Jovens

Columbófilo/a Nº do Pombo
Diogo Costa Pinto 6047232/16
Nélson Martins Biscoito 6217122/16
José Dias Bastos 6270841/16
Ricardo Jorge Ferreira 6271215/16
Dani Aguiar Andrade 6285412/16
Isa Vieira Maio 6329547/16
Filipa Manuela Oliveira 6099057/16
Ricardo Jesus Taipina 6226506/16
Sérgio Ribeiro Carreira 6271214/16
José Gonçalves Silva 6282905/16
Aldino Silva Tavares 6291063/16
Flávio André Camões 6465704/16

Na prova final estão representados os columbófilos Filipa Manuela Oliveira, Ricardo Jesus Taipina e Dani Aguiar Andrade.

Os resultados do último treino nas duas competições. Dados recolhidos através do jornal português, especializado em columbofilia, Mundo Columbófilo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Campeonato do Mundo conta com a participação de “atletas” provenientes de 25 países. Na competição destinada aos jovens há 20 seleções representadas.

Os nossos parabéns a todos os columbófilos que vão estar representados na prova final. Os resultados obtidos permitem sonhar e, quem sabe, se os novos campeões do Mundo não têm origem lusitana. Segunda-feira saberemos.

Pode acompanhar todas as incidências no site oficial da competição: FCI – Campeonato do Mundo 2016