FPC debateu campanha de 2017 com os coordenadores e delegados de solta

Durante a tarde de ontem, na Sala de Congressos do Hotel D. Luís, em Coimbra, decorreu uma reunião que contou com a presença do coordenador da área desportiva da Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC), Almerindo Mota, o meteorologista da FPC, António Garrido, os coordenadores e os delegados de solta de várias Associações Distritais.

Um dos objetivos do encontro, que tinha como premissa a preparação para campanha desportiva de 2017, foi o debate sobre os locais de solta para as provas de fundo do próximo ano. A sessão foi positiva e permitiu a troca de impressões com vista à melhor preparação das próximas provas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No final, Fernando Garrido, fez um balanço do encontro.

O meteorologista deu a sua opinião sobre a realização deste tipo de sessões com os coordenadores e delegados de solta, deixando ainda uma mensagem aos columbófilos.

A FPC agradece a todos os intervenientes que estiveram presentes na reunião, salientando a importância do debate e troca de ideias para o desenvolvimento e o crescimento da modalidade em Portugal.

FPC juntou delegados no Congresso Federativo

Coimbra acolheu este sábado o Congresso Extraordinário da Federação Portuguesa de Columbofilia. A reunião com os delegados teve início às 10h00 e foi profícua na troca de ideias e opiniões. A ordem de trabalhos era composta por quatro pontos:

  1. Aprovação da acta do Congresso de 24 de Março de 2016.
  2. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção de alteração aos artigos 7.º, 48.º, 50.º e 52.º do Regulamento Desportivo Nacional, conforme texto anexo a esta convocatória, que dela faz parte integrante;
  3. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção de aditamento dos n.ºs 17 e 18 ao artigo 14.º e alteração do artigo 18.º dos Estatutos da Federação Portuguesa de Columbofilia, conforme texto anexo a esta convocatória que dela faz parte integrante.
  4. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção, condicionada à aprovação do ponto 3 da presente Ordem de Trabalhos, de atribuição de uma remuneração ao Director responsável pela área desportiva, em montante a fixar pelo Congresso, com efeitos a partir de 1 de Dezembro de 2016 e até ao termo do mandato actualmente em curso, e de não atribuição de qualquer remuneração ao Presidente da FPC e aos restantes membros da Direcção.

Anexamos, respetivamente, a proposta de alteração ao Regulamento Desportivo Nacional, bem como a proposta de alteração dos Estatutos da FPC.

proposta-de-alteracao-ao-regulamento-desportivo-nacional

proposta-de-alteracao-aos-estatutos-da-fpc

Os pontos número um e dois foram aprovados por unanimidade. O terceiro foi chumbado e, por conseguinte, não houve votação do quarto ponto.

Para hoje estava também prevista a realização do Congresso Ordinário, que tinha como ponto único da ordem de trabalhos: Apresentação, discussão e votação do Plano de Atividades e Orçamento para o ano económico de 2017. A sessão acabou por não se realizar, tendo sido adiada para nova data que será, posteriormente, comunicada pela FPC.

Deixamos algumas imagens dos trabalhos durante o Congresso Extraordinário.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Assembleia-Geral da FPC reúne delegados em Coimbra

Decorrem no próximo sábado, 29 de outubro, dois Congressos (Assembleias-Gerais) organizados pela Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC). Os delegados eleitos a nível nacional vão participar em dois Congressos: um extraordinário e um ordinário.

Os trabalhos começam às 10h00, momento em que terá início o Congresso Extraordinário. A ordem dos trabalhos é a seguinte:

  1. Aprovação da acta do Congresso de 24 de Março de 2016.
  2. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção de alteração aos artigos 7.º, 48.º, 50.º e 52.º do Regulamento Desportivo Nacional, conforme texto anexo a esta convocatória, que dela faz parte integrante;
  3. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção de aditamento dos n.ºs 17 e 18 ao artigo 14.º e alteração do artigo 18.º dos Estatutos da Federação Portuguesa de Columbofilia, conforme texto anexo a esta convocatória que dela faz parte integrante.
  4. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção, condicionada à aprovação do ponto 3 da presente Ordem de Trabalhos, de atribuição de uma remuneração ao Director responsável pela área desportiva, em montante a fixar pelo Congresso, com efeitos a partir de 1 de Dezembro de 2016 e até ao termo do mandato actualmente em curso, e de não atribuição de qualquer remuneração ao Presidente da FPC e aos restantes membros da Direcção.

Anexamos, respetivamente, a proposta de alteração ao Regulamento Desportivo Nacional, bem como a proposta de alteração dos Estatutos da FPC.

proposta-de-alteracao-ao-regulamento-desportivo-nacional

proposta-de-alteracao-aos-estatutos-da-fpc

Após o término da sessão extraordinária, terá início o Congresso Ordinário. A ordem de trabalhos é composta por um ponto único: Apresentação, discussão e votação do Plano de Atividades e Orçamento para o ano económico de 2017.

Na parte da tarde está também prevista uma reunião de trabalho da Direção com os coordenadores e delegados de solta associativos. Os objetivos do encontro passam pela preparação e o debate de assuntos ligados à campanha desportiva de 2017, com especial ênfase para os calendários de solta em território espanhol.

Os trabalhos decorrem no Hotel D. Luís, uma unidade hoteleira da cidade de Coimbra.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Todas as informações e detalhes sobre as deliberações tomadas na Assembleia-Geral e na reunião de trabalho podem ser consultados no blog e no site da FPC.