Período de designação de atletas para a campanha de 2017 termina segunda-feira

O prazo limite para a indicação dos pombos-correio que vão participar na campanha desportiva de 2017 termina esta segunda-feira, dia 20 de fevereiro. A designação pode ser feita através do Portal do Columbófilo (http://columbofilo.fpcolumbofilia.pt/), em casa de cada columbófilo ou nas coletividades.

No caso dos sócios que não tenham efetuado a designação até essa data, serão considerados designados todos os pombos recenseados, até ao limite de 130, pela ordem que constam no programa de recenseamento (ano/anilha). Relembramos que este sábado termina o prazo de entrega de Adicionais para efeitos desportivos. Também amanhã, encerra o período de transferências de “atletas” entre equipas. Estas alterações podem ser feitas nas Coletividades e, posteriormente, verificadas e corrigidas através do Portal do Columbófilo.

Consulte aqui o regulamento dos Campeonatos Nacionais de Columbofilia – 2017 – regulamento-campeonatos-nacionais-2017.

O coordenador desportivo da FPC, Almerindo Mota, considera que o período de recenseamento tem “decorrido dentro da normalidade”. O Portal do Columbófilo tem sido um recurso útil durante esta fase, tendo, na opinião do dirigente, “superado todas as expetativas iniciais, acabando por facilitar e acelerar todos processos”. Almerindo Mota destaca o facto do novo recurso “trazer vantagens, a nível administrativo e financeiro, para a FPC e para toda a estrutura columbófila”.

Uma das novidades na temporada desportiva de 2017 é o Campeonato Ibérico. A FPC, em conjunto com a Real Federación Colombófila Española (http://www.realfede.com/), volta a promover uma prova que já tinha decorrido em 2015. O coordenador desportivo da FPC acredita que este Campeonato Ibérico 2017: “serve para mostrar a qualidade da nossa columbofilia, os atributos dos pombos-correio portugueses e ajuda a fomentar os laços e a fortalecer a columbofilia Ibérica”. Almerindo Mota acha que “a columbofilia nacional tem diversos motivos de interesse neste Campeonato Ibérico”, algo que, no seu entender, vai motivar “a elevada participação dos «nossos atletas»”. As boas relações que existem, quer entre as duas federações ibéricas, quer entre columbófilos dos dois países, “justificam a existência da prova e servem para fomentar laços de amizade”, sublinhou.

O regulamento do Campeonato Ibérico, na íntegra, disponível na ligação-regulamento-campeonato-iberico-2017.

As provas Nacionais de Fundo 2017, com solta a partir de Albuixech, Valência, Espanha, já têm datas: 20 de Maio e 17 de junho. As novidades da edição deste ano verificam-se ao nível dos prémios, como salienta Almerindo Mota: “nas duas últimas edições atribuímos prémios ao nível do columbófilo, este ano vamos recompensar as mais as prestações dos pombos-correio. Em 2016 distribuímos prémios por zona, algo que terminou. Neste ano vamos atribuir prémios por distrito, para o pombo-correio, consoante o número de pombos encestados”.

Pode visualizar  todo o regulamento das Provas Nacionais de Fundo aqui – regulamento-provas-nacionais-de-fundo-2017.

Na antevisão à campanha de 2017, o coordenador desportivo, mostrou-se confiante, mas destacou a importância de um fator externo para o sucesso da temporada desportiva “a campanha corre bem ou mal, consoante as condições meteorológicas. Vamos ver se temos a ajuda de S. Pedro”. O responsável pela vertente desportiva da FPC deixa uma garantia aos columbófilos: “nós, estrutura federativa, em conjunto com coordenadores, o meteorologista e as associações distritais, vamos, prova a prova, encontrar a melhor solução. Estou convencido que a campanha vai correr bem, como tem corrido até aqui”.

O coordenador desportivo espera que a época de 2017 seja “repleta de êxitos a nível desportivo” e destacou a importância do convívio entre columbófilos e admiradores do pombo-correio, “o mais importante é competir e desfrutar da prática da modalidade”, frisou.

A FPC convida todos os columbófilos a participar nos Campeonatos Nacionais, no Campeonato Ibérico, nas Provas Nacionais de Fundo e nas provas das Associações Distritais e das Coletividades. Com votos de uma excelente campanha desportiva, lançamos o desafio a todos os praticantes federados da modalidade, bem como, aos admiradores das soltas com “atletas” portugueses, a darem o seu contributo para mais uma época repleta de grandes voos.

O Blog (https://press.fpcolumbofilia.pt/) e o site da FPC (http://www.fpcolumbofilia.pt/) vão continuar a trazer-lhe todas as novidades da columbofilia portuguesa. Fique atento.

O balanço final da 44.ª Exposição Nacional e Pré-Olímpica de Columbofilia

A 44.ª Exposição Nacional e Pré-Olímpica de Columbofilia, evento que decorreu em Fafe, no início de 2017 (7 e 8 de janeiro), foi o ponto de partida para a excelente prestação da Seleção Portuguesa nas 35ªs Olimpíadas de Columbofilia. Os 31 “atletas” nacionais, que participaram na prova mais importante de columbofilia a nível mundial, exibiram-se na cidade fafense e mostraram aos visitantes os atributos e a qualidade da columbofilia portuguesa.

A organização, que esteve a cargo da Associação Columbofilia do Distrito de Braga (ACD Braga), em parceria com a Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC), foi bastante elogiada. No final do evento, a FPC conversou com o presidente da direção da ACD Braga, José Luís Barros, que nos revelou que era um “homem cansado, mas satisfeito” pelo trabalho desenvolvido em prol da 44.ª Exposição Nacional e Pré-Olímpica de Columbofilia.

As opiniões de quem visitou o espaço da Exposição Nacional, recebidas pelo responsável, foram positivas. Na segunda parte da entrevista, José Luís Barros, fez também uma estimativa do número de visitantes do evento.

Ainda no interior do Pavilhão Multiusos de Fafe, entrevistámos o presidente da FPC, José Luís Jacinto, que também fez um balanço da 44.ª Exposição Nacional e Pré-Olímpica de Columbofilia.

José Luís Jacinto deu os parabéns à ACD Braga pela organização do evento e aproveitou para deixar uma mensagem de incentivo para a equipa da ACD Faro, que vai organizar a Exposição Nacional em 2018, num evento que irá decorrer em janeiro, na cidade de Tavira.

Recordamos que no próximo ano a Exposição Nacional vai rumar ao sul de Portugal Continental, com Tavira a ser a “casa” do evento. A FPC traz-lhe as imagens e as declarações dos responsáveis da ACD Faro (associação distrital que vai organizar o certame)  relativamente à organização da próxima Exposição. Já sabe, continue atento ao Blog da FPC: https://press.fpcolumbofilia.pt/  e ao site da FPC: http://www.fpcolumbofilia.pt/.