“Só os mais fortes conseguem vencer em Mira”

Mohammed Al-Khaldi, da Team Alnomas, o segundo classificado no FCI Grand Prix Portugal Mira 2019, é um fã assumido dos campeonatos de Mira que segue de perto desde 2016. Em entrevista, assume as dificuldades vividas na edição deste ano e mostra-se já com elevadas expectativas para 2020.

Mohammed Al-Khaldi com José Luís Jacinto, presidente da Federação Portuguesa de Columbofilia

Que expectativas tinha quando decidiu inscrever este pombo no FCI Grand Prix Portugal?Tenho sempre elevadas expectativas quando participo nos derbys. Quando envio os pombos espero sempre obter excelentes resultados, mas, às vezes, as classificações não são tão boas quanto esperava.

Que importância tem, para si, este resultado?

Fiquei muito feliz porque foi o meu melhor resultado no derby de Mira. Tenho visto os meus resultados a melhorar nas provas de Mira, mas este ano foi quase perfeito. Não venci, mas espero vencer no próximo ano.

Esta não foi a primeira vez que esteve representado na competição de Mira…

Não, participo desde 2016 todos os anos.

Acompanhou a competição? De que forma?

Assisti à prova final em Mira. Este ano foi a minha segunda vez em Portugal para ver a corrida final do MIRA One Loft Race.

Qual a sua opinião sobre este derby, organizado pela Federação Portuguesa de Columbofilia?

Para mim é uma grande competição. Primeiro, porque não é particular. Depois, porque está muito bem organizada, temos muita informação sobre o que se vai passando, vídeos de todos os treinos e transparência por parte dos organizadores. Mira é uma boa prova para os meus pombos porque é difícil e tem habitualmente vento forte. Só os mais fortes conseguem vencer. Este ano foi particularmente difícil, mas no próximo ano será novamente uma corrida perfeita.

Vai voltar a competir em Mira?

Sim, claro… no próximo ano os meus amigos do Qatar e do Kuwait querem participar de novo.

Quais considera as grandes qualidades dos seus pombos?

Os meus pombos têm sangue forte, voam bem em corridas difíceis. Tenho pombos de diferentes criadores.

Que mensagem gostaria de deixar aos columbófilos que participaram nos campeonatos de Mira?

Recomendo Mira! O programa da competição não é o mais difícil, o que significa que muitos pombos têm oportunidade de ter uma boa pontuação no Grand Prix FCI. Infelizmente este ano a prova foi extremamente difícil, muitos pombos chegaram no dia seguinte e no outro, etc… porque estavam em boas condições!

Mira 2019| 6º Leilão

Os Leilões de Mira 2019 estão a chegar ao fim, mas ainda há oportunidade de adquirir pombos de qualidade reconhecida e comprovada.

Está em curso o 6º Leilão de pombos que participaram na dura prova de Luciana (Espanha) até Portomar e a ultrapassaram com distinção.

São 93 pombos, divididos em dois lotes, Lote A , com 50 aves, está disponível até às 22H00 desta segunda-feira, 14 de outubro. Neste primeiro lote encontrará pombos de uma capacidade fantástica, provenientes dos seguintes países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Colômbia, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Espanha, França, Grécia, Holanda, Itália, Malta, Noruega, Portugal, Qatar, Reino Unido, Roménia e Suíça.

No Lote B estão 43 pombos de 16 Países – Alemanha, Bélgica, Bulgária, Colômbia, Dinamarca, Eslováquia, Espanha, França, Grécia, Holanda, Itália, Malta, Portugal, Roménia, Suíça e Tailândia. Este lote, mais pequeno, mas também com excelentes exemplares, está disponível até às 22H00 de 15 de outubro (terça-feira).

Não deixe passar mais tempo, consulte os pedigrees e a performance dos pombos em leilão. Aproveite e escolha entre nomes consagrados a nível nacional e internacional!

Mira 2019| 5º Leilão

Mais uma centena de novos pombos, com caraterísticas ímpares, estão disponíveis para licitação no âmbito do 5º Leilão de participantes nos Campeonatos Internacionais de Mira.

À semelhança do que aconteceu nos leilões anteriores, os pombos estão divididos em dois lotes de 50 cada um. O Lote A, que fecha já às 22H00 desta segunda-feira, conta com aves em excelente condição física provenientes de 15 países. Neste grupo encontrará pombos da Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Eslováquia, Espanha, França, Holanda, Hungria, Itália, Malta, Marrocos e Portugal.

Para licitar os pombos do Lote B dispõe de mais um dia, uma vez que o segundo grupo está em leilão até às 22H00 desta terça-feira, dia 8 de outubro. Aqui poderá escolher entre pombos provenientes da Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Espanha, França, Grécia, Holanda, Itália, Malta, Noruega e Portugal.

Não espere mais, veja e reveja todas as informações de cada pombo aqui.

Se ainda não está registado como licitador na FPC pode preencher este formulário on-line.

Veja aqui como licitar e comece já a treinar os próximos campeões!

Mira 2019| 4º Leilão

Os leilões dos pombos que participaram nos campeonatos internacionais de Mira, a 31 de agosto, são excelentes oportunidades para adquirir aves com grande capacidade física, bem treinadas e aptas a enfrentar duras provas.

O quarto leilão está a decorrer e quase a chegar ao fim. Há uma centena de pombos, divididos em dois lotes de 50, à espera de licitação.

pombo

O Lote A encerra já às 22H00 desta terça-feira, 1 de outubro e conta com pombos de 17 países. Estão disponíveis pombos da Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Eslováquia, Espanha, França, Holanda, Hungria, Itália, Malta, Noruega, Portugal, Roménia e Suíça.

Para licitar os pombos do Lote B tem mais umas horas, até às 22H00 de quarta-feira, dia 2 de outubro. E neste leque encontrará pombos de 21 proveniências. Além dos países do Lote A, há ainda pombos da Grécia, Iraque, Polónia e Reino Unido.

São aves de excelência acerca das quais poderá consultar toda a informação diretamente no site onde decorre o leilão.

Se ainda não está registado como licitador na FPC pode preencher o formulário on-line.

Veja aqui como licitar.

Sublinhe-se que os pombos que não tenham sido alvo de licitação no decurso normal dos leilões, poderão agora ser licitados durante o período de prolongamento, até que todos se encontrem fechados.

Escolha, licite e leve os seus campeões pelo melhor valor!

Mira 2019| 3º Leilão

O terceiro leilão de pombos participantes nos Campeonatos Internacionais de Mira 2019 já se encontra a decorrer.

São 100 os pombos que podem ser licitados, divididos em dois lotes de 50 cada. Este grupo é a coqueluche internacional, com aves provenientes de mais de duas dezenas de países.

Não perca mais esta oportunidade de escolher os seus próximos campeões. Atenção que o Lote A – com pombos da Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Bulgária, China, Colômbia, Dinamarca, Eslováquia, Espanha, França, Holanda, Hungria, Itália, Japão, Malta, Noruega, Portugal, Qatar, Reino Unido, Roménia, Suíça e Tailândia – só está em licitação até às 22H00 desta quinta-feira, dia 26 de setembro.

O Lote B, onde pode encontrar pombos de países como Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Eslováquia, Espanha, França, Holanda, Itália, Malta, Noruega, Polónia, Portugal, Reino Unido, Roménia e Suíça, também já está aberto a licitação. O fecho está agendado para as 22H00 de sexta-feira, dia 27 de setembro.

Relembramos que através destes leilões tem a possibilidade ímpar de adquirir, a preços competitivos, pombos de grande qualidade, pujança e resistência. Os pedigrees e a performance de cada um dos pombos estão disponíveis para consulta. Basta, no leilão, clicar sobre a ave que lhe desperta interesse e fica a saber tudo!

Se ainda não está registado como licitador na FPC preencha o respectivo formulário on-line.

De referir ainda que os pombos que não tenham sido alvo de licitação no decurso normal dos leilões, poderão agora ser licitados durante o período de prolongamento, até que todos se encontrem fechados.

Mira 2019| Pombos de 20 países no 2º leilão

Encerrado o primeiro leilão dos Campeonatos Internacionais de Mira 2019, já estão a licitação mais 100 pombos, divididos em dois lotes de 50.

Neste leilão, cujo Lote A encerra às 22H00 de 20 de setembro (sexta-feira), há pombos de columbófilos provenientes de 19 países. Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Espanha, França, Grécia, Holanda, Itália, Japão, Kuwait, Malta, Portugal, Reino Unido, Roménia, Suíça e Tailândia estão representados.

O Lote B, que também já está em leilão, encerra às 22H00 de 23 de setembro (segunda-feira).

Recordamos que se ainda não se encontra registado como licitador na Federação Portuguesa de Columbofilia pode fazê-lo neste formulário on-line.

Aproveite esta oportunidade única. Conheça os pedigrees e as performances destes pombos já consagrados a nível nacional e internacional e não deixe escapar o seu próximo campeão!

Mira 2019| Entrevista ao criador do campeão

O primeiro pombo a chegar a Mira, na final dos Campeonatos Internacionais – o 01592-368/19, da equipa alemã Team Sylt 2000 – chamou a atenção de todos!

Numa prova dura, chegou com quase uma hora de avanço em relação ao segundo classificado e demonstrou estar em grande forma física.

Heinz Fenten, o criador deste campeão, mostra-se satisfeito com o resultado e acredita que vem comprovar a estratégia que tem vindo a desenvolver enquanto criador.

Com elogios à competição, Heinz Fenten assegura que no próximo ano vai voltar a ter pombos em Mira!

Heinz Fenten
  1. Que expetativas tinha quando decidiu inscrever este pombo no FCI Grand Prix Portugal?

Envio sempre um grande número de jovens. Portanto, tenho de escolher aqueles que já são mais velhos e independentes na altura do envio. Naturalmente, a genética também desempenha um papel importante. O pai do pombo vencedor é de Heinz Meier-Rahden, da linha “Kannibaal” de D. v. Dyck x “Euro”, de Leo Heremans. A mãe é de Rainer Püttmann, filha de “Ringlose” de Günter Prange.

2. Para si, o que significa alcançar este resultado?

Viajei ativamente com meus pombos por muitos anos, participei em derbies e os meus pombos já ganharam alguns prémios importantes. É claro que estou muito satisfeito por um pombo criado por mim para a Team Sylt 2000 ter ganho o Grand Prix Gaspar Vila Nova. Esta também é uma confirmação da minha estratégia de criação, na qual procuro apenas pombos de topo.

3. Esta foi a primeira vez que esteve representado em Mira?

Já participei várias vezes do Grand Prix Gaspar Vila Nova, com pombos na Team Sylt 2000 e também com pombos em meu nome.

4. Acompanhou a prova?

Também sou fã de futebol e tinha o jogo FC Schalke 04 X Hertha BSC Berlin, mas os meus amigos do Team Sylt 2000, que estavam em Mira, informaram-me imediatamente por telefone.

5. Qual a sua opinião sobre esta competição, organizada pela Federação Portuguesa de Columbofilia?

Ouvi dizer que esta prova, realizada há muitos anos pela Federação Portuguesa de Columbofilia, é um sucesso. Os columbófilos alemães sentiram-se muito bem em Mira. A organização dos campeonatos é muito boa e a prova final é sempre um evento muito agradável. É possível conhecer muitas pessoa até jovens criadores de pombos. A Federação Portuguesa está de parabéns.

5. Vai voltar a competir em Mira no próximo ano?

É claro que vou enviar pombos para Mira novamente no próximo ano.

6.Quais são as principais caraterísticas dos seus pombos?

Tento criar pombos que sejam sempre bem sucedidos e não apenas quando há um bom contato e uma curta distância.

7. Que mensagem gostaria de deixar a todos os que participaram nas provas de Mira?

Que continuem a participar com os seus melhores pombos nestas competições. O derby está organizado de forma transparente. E, se possível, que estejam também presentes na prova final, em Mira. Aí podem conhecer bons criadores e participar na magnífica cerimónia de entrega de prémios.

Recordamos que o magnífico campeão – 1592-368/19 – está em leilão até ao final do dia (22H00) de segunda-feira, 16 de setembro.

Mira 2019| Primeiro Leilão

Começaram os leilões dos pombos que participaram nos Campeonatos Internacionais de Mira 2019.

Foi uma prova dura que evidenciou pombos de grande qualidade. O primeiro leilão, que já está a decorrer, conta com 75 pombos divididos em dois lotes.

O Lote A, que termina às 22H00 do dia 16 de setembro, é restrito aos 25 magníficos, aos heróis chegados no primeiro dia de constatação. A qualidade genética, a performance física, a pujança de verdadeiros craques são inquestionáveis.

Deste lote destacam-se:

  • Pombo 01592-368/19, do Team Sylt 2000 – Fenten, da Alemanha, primeiro pombo chegado, com praticamente uma hora de avanço em relação ao segundo pombo
  • Pombo 020408/19, de Ioan Carmazan, da Roménia
  • Pombo 02601-20/19, de Evin Peter & Noemi, da Eslováquia
  • Pombo 179219/19, de Juan Jesús Bisbal Mora, de Espanha
  • Pombo 602-2156/19, de Marco Zerner, da Áustria

O Lote B, que também já está em leilão, fecha às 22H00 de dia 17 de setembro e é constituído por 50 pombos de nomes sonantes e de grande reconhecimento no mundo columbófilo.

Estes leilões são uma oportunidade única para adquirir pombos de exceção.

Pode acompanhar aqui as licitações, consultar os pedigrees e as performances dos pombos, bem como ver fotografias de cada um deles.

Não deixe escapar os próximos campeões!

Mira 2019| Galeria de fotos

Foi há uma semana que columbófilos de todo o mundo estiveram em Mira para assistir aos campeonatos internacionais.

Perto de 3500 pessoas emolduraram o Columbódromo Gaspar Vila Nova, em Portomar, no sábado, 31 de agosto, para a 23ª edição dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia – Mira 2019.

A competição, organizada pela Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC), em parceria com a Federação Columbófila Internacional (FCI), Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e Câmara Municipal de Mira (CMC), contou com a participação de 1300 pombos provenientes de 31 países. 

Todos os pombos foram soltos, em simultâneo, às 07H15 deste sábado, em Luciana, Espanha, a uma distância de 420km do Columbódromo Internacional.

Além da vertente competitiva, os campeonatos internacionais de Mira são conhecidos por serem uma grande festa da columbofilia e um momento único de convívio. Prova disso, foram as mais de 3500 pessoas que estiveram este sábado de olhos postos no céus, junto ao Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova. 

“Este é um local privilegiado, de todos os columbófilos, e hoje vivemos um grande momento de convívio e de união”, afirmou José Luís Jacinto, presidente da Federação Portuguesa de Columbofilia, destacando “parcerias que muito dignificam o desporto”. Os campeonatos de Mira são tradicionais para a columbofilia e dos mais importantes e bonitos para os pombos”, referiu Istvan Bardos, presidente da Federação Columbófila Internacional. 

“É um prazer ouvir números como cinco campeonatos do mundo, sete campeonatos para jovens columbófilos, 19 campeonatos da Europa, todas competições que já se realizaram aqui em Mira”, sublinhou Raul Almeida, presidente da Câmara Municipal de Mira. O autarca evidenciou a importância da parceria com a FPC, com a qual tem “muitos projetos para o futuro”, bem como o relevo que os campeonatos assumem “para o turismo e economia locais”. 

“A Federação Portuguesa de Columbofilia já nos habituou a esta boa organização e a um grande momento de convívio nesta região maravilhosa”, referiu Vítor Pataco, presidente do IPDJ, que encerrou a cerimónia oficial de abertura dos campeonatos, em representação do secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo. 

As classificações  finais já são oficialmente conhecidas em http://www.fpcolumbofilia.pt/mira2019/main07.htm

Veja ou recorde alguns dos momentos nestas galerias de fotos.

Cerimónia de abertura:

Jantar de gala: