Congresso Federativo da FPC aprova Relatório de Atividades e Contas de 2016

A Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC) voltou a reunir com os delegados e os representantes das Associações Distritais, naquele que foi o primeiro Congresso Ordinário de 2017. O encontro, que decorreu em Coimbra, na sala de reuniões do Hotel D. Inês, começou às 21h30 da passada sexta-feira (31 de março) e contou com a presença de 13 delegados.

A ordem de trabalhos foi a seguinte.

  1. Aprovação das atas números cento e nove, cento e dez e cento e onze referentes aos congressos realizados respetivamente nos dias 29 de Outubro e 19 de Novembro de 2016.
  2. Apresentação, discussão e aprovação do Relatório de Atividades e Contas da Federação Portuguesa de Columbofilia e Parecer do Conselho Fiscal relativos ao exercício de 2016.

O Relatório de Atividades e Contas, referente ao ano civil de 2016, foi aprovado por unanimidade pelos delegados presentes. O congresso foi positivo na troca de ideias e contou com diversas intervenções, tendo sido feito, durante a sessão, um balanço do mandato da atual direção da FPC (2013-2017).

A FPC mostra-lhe algumas imagens do Congresso da passada sexta-feira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os trabalhos terminaram por volta da 00h30 do dia 1 de abril. No final, o presidente da direção da Associação Columbófila do Distrito de Lisboa (ACD Lisboa), Carlos Teixeira, deu a sua opinião sobre o mandato da atual direção da FPC: ”dentro do programa proposto foram coerentes, embora isso possa ter custado alguma popularidade”, sublinhou. Na opinião do dirigente lisboeta as medidas que foram adotadas para as provas “trouxeram mais igualdade competitiva”, e, no caso de Lisboa, “não foram violentas, nem causaram grandes problemas”. Carlos Teixeira sublinhou a cooperação da ACD Lisboa ao longo dos 4 anos de mandato da atual direção da FPC, “ Lisboa sente que deu o seu contributo de forma, algumas vezes, determinante”.

Também o presidente da direção da Associação Columbófila do Distrito de Aveiro (ACD Aveiro), Luís Silva, elogiou as medidas implementadas pela FPC, “nunca tantas mudanças foram feitas em tão pouco tempo, estas alterações tiveram impacto e foram muito positivas”. Na globalidade, para o dirigente aveirense, “o mandato foi positivo”. O presidente da direção da ACD Aveiro aproveitou ainda para destacar as alterações informáticas recentes promovidas pela FPC, “são espetaculares, do melhor a nível mundial dentro do nosso desporto e não só, os novos recursos fizeram-nos evoluir para um patamar muito elevado”.

Luís Silva frisou que, apesar das inovações, “ainda há pessoas com dificuldades em utilizar os novos meios” e que “é necessário um trabalho conjunto de toda a estrutura federativa no sentido de diminuir os constrangimentos que os columbófilos possam ter”. O dirigente considerou que “globalmente, há mais columbófilos satisfeitos com o novo Portal e com as mudanças feitas nos últimos 4 anos”.

Consulte aqui o Relatório de Atividades e Contas referente ao ano civil de 2016 – Relatório de Atividades e Contas 2016- Atividades.

A parte do relatório dedicada à contabilidade pode ser visualizada aqui – Relatório de Atividades e Contas 2016 – Contas.

O Parecer do Conselho Fiscal Apresentação sobre o Relatório de Atividades e Contas da Federação Portuguesa de Columbofilia relativo ao exercício de 2016 pode ser consultado aqui Parecer do Conselho Fiscal

 Durante a sessão intervieram, entre outros, o atual presidente da FPC, José Luís Jacinto, o vice-presidente da FPC, António Branco, o coordenador da Área Desportiva, Almerindo Mota, o coordenador de Standard e juiz Classificador Olímpico, José Maria Gonçalves, e o coordenador para a Área Social e Juventude, Manuel Pereira.

As principais decisões dos Congressos Federativos

A Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC) voltou a reunir com os delegados e os representantes das Associações Distritais. O encontro, que decorreu em Coimbra, na sala de reuniões do Hotel D. Inês, começou às 10h00 do passado sábado (19 de novembro), hora em que se iniciaram os trabalhos do Congresso Extraordinário, que contou com a presença de 25 delegados.

O debate e a troca de impressões sobre o novo Portal do Columbófilo, a análise dos critérios de participação nas Exposições Columbófilas e a apresentação, discussão e votação de alteração de alguns artigos dos Estatutos da FPC foram os momentos de destaque durante a manhã.

Aqui fica a Ordem de Trabalhos do Congresso Extraordinário.

12

Ponto 2 da Ordem de trabalhos:

Foi rejeitada por maioria a participação de pombos com anilha oficial estrangeira.

Resultado da votação: 13 votos contra, 7 abstenções e 5 votos a favor.

Ponto 3 da Ordem de trabalhos:

As alterações estatutárias propostas foram aprovadas por maioria.

Resultado da votação: 3 votos contra, 1 abstenção e 21 votos a favor.

Ponto 4 da Ordem de trabalhos:

Foi aprovada por maioria. Resultado da votação por sufrágio secreto: 20 votos a favor e 5 votos brancos.

A sessão extraordinária terminou às 13h30. Deixamos algumas imagens do encontro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Após o almoço teve início o Congresso Ordinário que tinha um ponto único na Ordem de Trabalhos: “Apresentação, discussão e votação do Plano de Atividades e Orçamento para o ano económico de 2017”.

O Plano de Atividades e Orçamento para 2017 foi aprovado por unanimidade pelos delegados presentes, tendo sido encerrada a reunião às 18h30.

Alguns momentos da tarde do passado sábado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os dois Congressos, para além de ultimarem os detalhes para as Exposições e para a próxima campanha desportiva, permitiram o diálogo e a troca de ideias com o objetivo de continuar a promover, divulgar e valorizar o pombo-correio português, colocando, ao mesmo tempo em destaque, a qualidade da columbofilia nacional.

 

Novo Portal do Columbófilo apresentado no Congresso Extraordinário da FPC

Foi hoje apresentado, durante o Congresso Extraordinário da Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC), o Portal do Columbófilo. A mais recente plataforma de recenseamento vai estar disponível para todos os columbófilos e Associações Distritais ainda em 2016.

A demonstração das funcionalidades e das potencialidades do Portal do Columbófilo, que foi desenvolvido pela Duodata.Net e pela FPC, decorreu na Sala de Reuniões do Hotel D. Inês, em Coimbra. A apresentação do novo recurso esteve a cargo dos representantes da Duodata.Net, Miguel Santos e Orlando Santos.

Reunidos em Coimbra para o Congresso Extraordinário, os delegados e representantes das Associações Distritais, presenciaram o funcionamento do Portal do Columbófilo. No final do encontro, o representante da Duodata.Net, Miguel Santos, falou sobre o aparecimento do novo projeto.

O responsável explicou quais são os primeiros recursos que vão estar disponíveis na plataforma  e enumerou algumas vantagens do Portal do Columbófilo.

O Portal, que vai ser lançado por fases, foi “bem recebido”. Na opinião de Miguel Santos, o debate e a troca de ideias com os delegados e a FPC permitem pensar em novas ferramentas para o programa.

Deixamos algumas fotografias da sessão.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Congresso Extraordinário começou às 10h00 e terminou às 13h30. Todas as informações sobre o Portal do Columbófilo vão ser disponibilizadas no site e no blog da FPC. Os columbófilos também podem informar-se junto da sua Associação Distrital.

FPC juntou delegados no Congresso Federativo

Coimbra acolheu este sábado o Congresso Extraordinário da Federação Portuguesa de Columbofilia. A reunião com os delegados teve início às 10h00 e foi profícua na troca de ideias e opiniões. A ordem de trabalhos era composta por quatro pontos:

  1. Aprovação da acta do Congresso de 24 de Março de 2016.
  2. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção de alteração aos artigos 7.º, 48.º, 50.º e 52.º do Regulamento Desportivo Nacional, conforme texto anexo a esta convocatória, que dela faz parte integrante;
  3. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção de aditamento dos n.ºs 17 e 18 ao artigo 14.º e alteração do artigo 18.º dos Estatutos da Federação Portuguesa de Columbofilia, conforme texto anexo a esta convocatória que dela faz parte integrante.
  4. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção, condicionada à aprovação do ponto 3 da presente Ordem de Trabalhos, de atribuição de uma remuneração ao Director responsável pela área desportiva, em montante a fixar pelo Congresso, com efeitos a partir de 1 de Dezembro de 2016 e até ao termo do mandato actualmente em curso, e de não atribuição de qualquer remuneração ao Presidente da FPC e aos restantes membros da Direcção.

Anexamos, respetivamente, a proposta de alteração ao Regulamento Desportivo Nacional, bem como a proposta de alteração dos Estatutos da FPC.

proposta-de-alteracao-ao-regulamento-desportivo-nacional

proposta-de-alteracao-aos-estatutos-da-fpc

Os pontos número um e dois foram aprovados por unanimidade. O terceiro foi chumbado e, por conseguinte, não houve votação do quarto ponto.

Para hoje estava também prevista a realização do Congresso Ordinário, que tinha como ponto único da ordem de trabalhos: Apresentação, discussão e votação do Plano de Atividades e Orçamento para o ano económico de 2017. A sessão acabou por não se realizar, tendo sido adiada para nova data que será, posteriormente, comunicada pela FPC.

Deixamos algumas imagens dos trabalhos durante o Congresso Extraordinário.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Assembleia-Geral da FPC reúne delegados em Coimbra

Decorrem no próximo sábado, 29 de outubro, dois Congressos (Assembleias-Gerais) organizados pela Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC). Os delegados eleitos a nível nacional vão participar em dois Congressos: um extraordinário e um ordinário.

Os trabalhos começam às 10h00, momento em que terá início o Congresso Extraordinário. A ordem dos trabalhos é a seguinte:

  1. Aprovação da acta do Congresso de 24 de Março de 2016.
  2. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção de alteração aos artigos 7.º, 48.º, 50.º e 52.º do Regulamento Desportivo Nacional, conforme texto anexo a esta convocatória, que dela faz parte integrante;
  3. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção de aditamento dos n.ºs 17 e 18 ao artigo 14.º e alteração do artigo 18.º dos Estatutos da Federação Portuguesa de Columbofilia, conforme texto anexo a esta convocatória que dela faz parte integrante.
  4. Apresentação, discussão e votação da proposta da Direção, condicionada à aprovação do ponto 3 da presente Ordem de Trabalhos, de atribuição de uma remuneração ao Director responsável pela área desportiva, em montante a fixar pelo Congresso, com efeitos a partir de 1 de Dezembro de 2016 e até ao termo do mandato actualmente em curso, e de não atribuição de qualquer remuneração ao Presidente da FPC e aos restantes membros da Direcção.

Anexamos, respetivamente, a proposta de alteração ao Regulamento Desportivo Nacional, bem como a proposta de alteração dos Estatutos da FPC.

proposta-de-alteracao-ao-regulamento-desportivo-nacional

proposta-de-alteracao-aos-estatutos-da-fpc

Após o término da sessão extraordinária, terá início o Congresso Ordinário. A ordem de trabalhos é composta por um ponto único: Apresentação, discussão e votação do Plano de Atividades e Orçamento para o ano económico de 2017.

Na parte da tarde está também prevista uma reunião de trabalho da Direção com os coordenadores e delegados de solta associativos. Os objetivos do encontro passam pela preparação e o debate de assuntos ligados à campanha desportiva de 2017, com especial ênfase para os calendários de solta em território espanhol.

Os trabalhos decorrem no Hotel D. Luís, uma unidade hoteleira da cidade de Coimbra.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Todas as informações e detalhes sobre as deliberações tomadas na Assembleia-Geral e na reunião de trabalho podem ser consultados no blog e no site da FPC.