MIRA2017: Equipa Cesário & Abílio Pereira conquista a Liga Nacional dos Campeões

A equipa da família Pereira, pois é constituída pelo pai, Cesário, e pelo filho, Abílio, viajou de Vila Nova de Gaia até Mira, para assistir ao vivo à vitória do seu “atleta” na competição destinada aos columbófilos portugueses: a Liga Nacional dos Campeões. Na prova destinada à participação dos Campeões Gerais das Coletividades Portuguesas, na Campanha Desportiva de 2016, o pombo-correio com a anilha nº 7410004/17, voou para o lugar mais alto do pódio, depois de ter alcançado uma média de 922,6468 m/m. O resultado deu-lhe a vitória na prova e, simultaneamente, o 1º lugar na lista de todos os pombos, após ter chegado às 13:27:40.0 na Prova Final.

Os dois elementos da equipa estiveram no Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova e Cesário Pereira mostrou-se “satisfeito” pelo resultado alcançado. O filho, Abílio Pereira, falou da sua ligação, desde tenra idade, à columbofilia e abordou a aposta feita no “atleta” que venceu a Liga Nacional dos Campeões.

Na segunda parte da entrevista, Cesário Pereira, revelou como passou a paixão da columbofilia para o filho e assumiu que o triunfo foi uma das vitórias “mais felizes” da sua carreira. Abílio Pereira mencionou que os Campeonatos Internacionais de Columbofilia, realizados há 20 anos em Mira, são “uma boa aposta”, tendo deixado em aberto a possibilidade de, em 2018, ter, novamente, representantes da sua colónia a voar na competição de Mira.

Algumas fotografias da equipa Cesário & Abílio Pereira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ainda na Liga Nacional dos Campeões mas na classificação do Pombo Ás, o vencedor foi o alado com a anilha nº 7427103/17, em representação do columbófilo José Severino, que conseguiu uma média acumulada de 3957,5471. Na prova final este “atleta” chegou na 40ª posição, tendo conseguido uma média de 747,0937 m/m.

As classificações individuais estão disponíveis aqui e as do Pombo Ás aqui . A lista de chegada de todos os “atletas” pode ser consultada nesta ligação .

Ainda nas provas destinadas à participação  de columbófilos nacionais o vencedor, a nível individual, do novo Campeonato Nacional de Jovens (prova destinada unicamente à participação de jovens columbófilos portugueses, com idade até aos 25 anos e com licença desportiva ativa para o ano de 2017) foi o pombo-correio com a anilha nº 7230547/17, em representação de Daniel Oliveira. Na Prova Final este “atleta” chegou às 20:08:15.1, no 132º lugar, com uma média 435,2117 m/m. O resultado conseguido deu a este alado, simultaneamente, o 1º lugar na classificação do Pombo Ás, com uma média acumulada de 3479,8358.

Todas as classificações do Campeonato Nacional de Jovens podem ser vistas aqui .

Nos próximos dias vamos continuar a trazer-lhe diversas reportagens sobre os Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017. Continue atento ao blog– e ao site da FPC.

Mira2017: Entidades Oficiais marcaram presença na Prova Final 

O dia da solta final da 20ª edição dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira foi de emoções fortes, com o foco a estar centrado nos “atletas” que brilharam na Prova Final. A assistir à chegada dos pombos-correio e, também, a visitar o Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova, estiveram representantes de diversas Entidades Oficiais Portuguesas.

Ao início da tarde marcou presença o Secretário de Estado do Desporto e da Juventude, João Paulo Rebelo, que foi entrevistado após visitar “a casa” dos Campeonatos. Na primeira parte da entrevista, João Paulo Rebelo, revelou que ficou “impressionado” com o que viu, salutando ainda a organização da prova. O elemento do Ministério da Educação elogiou a criação de provas para os jovens, destacando também a “tradição familiar”.

Na segunda parte da entrevista, o Secretário de Estado, falou sobre a importância das infraestruturas para o crescimento de uma modalidade. João Paulo Rebelo, que almoçou na tenda colocada nas imediações do Columbódromo, revelou que saiu “ agradavelmente surpreendido” com tudo o que viu em Mira.

No período da manhã esteve presente o vice-presidente do Instituto Português do Desporto e  Juventude (IPDJ), Vítor Pataco, que, em entrevista à FPC, abordou a importância dos jovens para a modalidade e destacou a componentes social da columbofilia.

Vítor Pataco falou também sobre a forma como o IPDJ olha para a columbofilia e destacou o papel de iniciativas como os Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017, na atração de novos praticantes para a modalidade.

Também a subdiretora-geral da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, Maria da Graça Fernandes, e o presidente da Câmara Municipal de Mira, Raul de Almeida, se deslocaram até ao Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova. Mostramos-lhe algumas fotos dos entrevistados e da visita às instalações.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nos próximos dias vamos continuar a trazer-lhe reportagens sobre o dia da Prova Final dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017, por isso já sabe, continue atento ao blog-e ao site da FPC. Relembramos que todas as classificações finais estão disponíveis no site oficial dos Campeonatos, disponível nesta ligação.

Já são conhecidos os vencedores dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017

Os “atletas” começaram a chegar ao Columbódromo ao início da tarde. Com o público presente a vibrar com os pombos-correio, o 1º lugar da classificação geral foi alcançado por um alado português. Com a anilha nº7410004/17, em representação da equipa de Vila Nova de Gaia, Cesário & Abílio Pereira, chegou às 13:27:40.0, conseguindo uma média de 922,6468  m/m, resultado que lhe permite ser, simultaneamente, o 1º entre os inscritos na Liga Nacional dos Campeões.

Na prova rainha da columbofilia, no que à competição de derbies diz respeito, o Campeonato do Mundo, voou para o 1º lugar um “atleta” norueguês. Com a anilha nº002-121/17, em representação do columbófilo da Noruega, Tom og Lars Corneliussen, alcançou uma média de 883,4395 m/m, sendo o 14º na classificação geral. No Campeonato do Mundo Jovens brilhou o atleta romeno com a anilha nº017110/17, em representação do columbófilo com a mesma nacionalidade, Olteanu Cátálin. Este alado foi o 3º a entrar no pombal, após ter conseguido uma média de 913,7056 m/m.

Mostramos-lhe um pequeno vídeo do ambiente vivido no Columbódromo, minutos antes da chegada do 1º pombo-correio da Prova Final.

O novo vencedor do FCI Grand Prix é norueguês. Com a anilha nº032-118/17, em representação do columbófilo da Noruega, Martin Saevareid, chegou aos 13:29:43.3, tendo efetuado uma média de 917,3759 m/m. Na classificação de todos os pombos, o alado nórdico foi o 2º classificado. A última prova a ficar com a classificação fechada foi Campeonato Nacional de Jovens. O vencedor da prova, que se estreou no programa dos Campeonatos em 2017, foi o “atleta” com a anilha nº 7230547/17, em representação do columbófilo Daniel Oliveira. Este alado terminou a prova às 20:08:15,1, depois de efetuar uma média de 435,2117 m/m. Na classificação de todos os pombos foi o 132º a dar entrada no pombal.

Mostramos-lhe algumas imagens da chegada dos “atletas”.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

De salientar que nos primeiros 20 classificados, 8 são pombos-correio portugueses. Pode consultar todas as classificações em no site dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017 . Também os rankings do Pombo Ás e as classificações por equipa (FCI Grand Prix) e por país (Campeonato do Mundo e Campeonato do Mundo Jovens) estão disponíveis na mesma ligação.

Por esta altura decorre o Leilão dos “atletas”, junto ao Columbódromo e, também, online, através da plataforma da GPLoft. Continue atento ao Blog e ao site da FPC porque vamos trazer-lhe mais novidades sobre a 20ª edição dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017.

MIRA2017: A manhã no Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova

Enquanto se aguarda a chegada dos “atletas”, dezenas de pessoas convivem em Mira, num sábado quente e que se prevê de emoções fortes.

Durante a manhã decorreu a cerimónia de entrega dos Diplomas Olímpicos, relativos à participação dos pombos-correio portugueses na 35ª ediçãos das Olimpíadas de Columbofilia, que decorreram no final de Janeiro em Bruxelas, na Bélgica. Foram também entregues os troféus relativos ao Campeonato do Mundo 2016, prova que decorreu em 2016, também na capital belga. Destaque para Dani Andrade, que foi representado pelo pai na cerimónia, que conquistou, pela primeira vez para a columbofilia portuguesa, o título de Campeão do Mundo Jovens.

A entregar os diplomas estiveram o presidente da FPC, José Luís Jacinto, o presidente da FCI, István Bardos, o coordenador desportivo e responsável pela classe Sport da FPC, Almerindo Mota, e o coordenador da classe de Standard da FPC, José Maria Gonçalves. A medalha de prata obtida no Campeonato do Mundo, na classificação por países, foi recebida pelo presidente da FPC. Visualize algumas imagens das cerimónias e do ambiente junto “à casa” dos Campeonatos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Após este momento, subiu ao palco o Grupo Folclórico de Porto da Cruz-Mira, que animou os presentes com música tradicional portuguesa.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No período da manhã marcou também presença no evento, o vice-presidente do Instituto Português do Desporto e da Juventude, Vítor Pataco, que esteve também em representação do Secretário de Estado do Desporto e da Juventude, João Paulo Rebelo, que virá a Mira no período da tarde. Algumas fotografias da entrevista feita no Columbódromo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Numa manhã animada, aguarda-se, ansiosamente e com grande expetativa, a chegada dos “atletas” que partiram de Almodôvar às 07h30. Hoje vamos coroar os grandes vencedores das 5 provas dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017. Já sabe, venha até ao Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova para fazer parte da grande festa da columbofilia portuguesa ou, acompanhe, ao longo do dia, as notícias que serão publicadas no blog- e o site da FPC,  pois vamos trazer-lhe mais novidades de Mira.

Pode acompanhar a chegadas dos atletas nos site dos Campeonatos – ou na plataforma do patrocinador oficial do evento, a Benzing, disponível aqui.

“Atletas” já voam na Prova Final dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017

Mais de mil pombos-correio seguem, por esta altura, rumo ao Columbódromo Internacional de Gaspar Vila Nova, na Prova Final dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017. A solta, que decorreu às 07h30, no município de Almodôvar, no distrito de Beja, leva os participantes a voarem cerca de 330 kms até à vila do distrito de Coimbra. A solta foi efetuada com céu limpo e vento fraco de Norte, tendo os pombos saído com excelente orientação.

Mostramos-lhe as imagens da solta. Consulte também a tabela com as Horas Prováveis de Chegada, uma ferramenta que indica as horas de chegada consoante a média estimada para os pombos-correio. 

Com cinco títulos em disputa, 1089 “atletas” procuram mostrar atributos na competição de Mira. O encestamento decorreu ontem, 1 de Setembro, ao final da tarde, na “ casa” da prova, o Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova. A sessão contou com a presença dos delegados da FCI, os italianos, Anfossi Davide e Matteo Grappa. A Lista de Encestamento pode ser consultada aqui.

De referir que 13 pombos não reuniram as condições físicas necessárias para participar na prova e ficaram na enfermaria. A declaração veterinária está disponível em DeclaracaoVeterinariaPombosEnfermaria.

Veja algumas fotografias do encestamento.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma segunda galeria.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O vídeo do encestamento.

A grande festa da columbofilia regressa a Mira e o dia promete ser de emoções fortes, junto ao Columbódromo, localizado em Portomar, na Vila de Mira. Venha assistir ao vivo à chegada dos pombos-correio, num sábado em que a columbofilia é o centro das atenções. Os melhores do mundo, ao nível da competição de derbies, marcam presença e, durante o período da tarde, irá decorrer o Leilão dos pombos-correio.

Pode acompanhar todas as novidades sobre a 20ª edição dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017 no site da prova, no blog ou no site da FPC.

“Emoção em Mira”- Jornal Record- 31 de agosto

Na edição desta quinta-feira, dia 31 de agosto, o jornal Record dedicou duas páginas (32 e 33 da edição impressa) aos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-MIRA2017. O maior destaque foi para a antevisão da prova, que tem a solta final marcada para o próximo sábado, dia 2 de setembro.

Para além das especificidades de cada uma das provas, destaque também para os primeiros classificados nos cinco Treinos Oficiais. Consulte aqui o pdf das duas páginas- Record-31 de agosto-página 32  e Record-31 de agosto-pág 33A reportagem foi também publicada online e pode ser consultada através da ligação- “Columbofilia: Emoção em Mira”. Veja as fotografias e as tabelas que acompanham a publicação

Este slideshow necessita de JavaScript.

Relembramos que no próximo sábado o jornal regional, Diário de Coimbra, publica um trabalho de 4 páginas sobre os Campeonatos que vão levar até Mira  a “elite mundial” da competição columbófila de derbies.

Venha assistir ao vivo à prova final e aplaudir os “atletas”.

Convite-MIRA2017

O encestamento para a prova final decorre amanhã, ao final na tarde, no Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova. O Blog e o Site da FPC vão mostrar-lhe as imagens e trazer-lhe todas as novidades sobre os Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017.

“Atletas” terminaram a preparação para os Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017

Mais de mil pombos-correio voaram esta manhã, 25 de agosto, no último Treino Oficial dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia.Mira2017. A solta foi efetuada às 08h15, na localidade de Vidigal, no município de Montemor-o-Novo, no distrito de Évora. Os “atletas” concluíram a preparação para a prova final, cuja solta está marcada para o próximo dia 2 de setembro, percorrendo uma distância de 206 kms até ao Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova, em Portomar, no município de Mira.

O encestamento decorreu ontem, dia 24 de agosto, ao final da tarde. Para participar na última sessão foram encestados 1155 pombos-correio.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No quinto Treino Oficial, o terceiro a contar para a classificação do Pombo Ás, o 1º lugar, da classificação geral de todos os participantes, foi alcançado pelo “atleta” suíço, com a anilha nº4018/17, após ter conseguido uma média 1090,3798 m/m. Em representação do columbófilo Simon Wolf, também ele de nacionalidade suíça, este pombo-correio fez uma prestação que lhe valeu, simultaneamente, o 1º lugar da classificação do Campeonato do Mundo e do Grande Prémio FCI Portugal.

No 2º lugar, entre todos os pombos soltos na sessão, ficou o alado germânico, com a anilha nº05679-328/17, após alcançar uma média de 1090,3221 m/m. A representar o columbófilo alemão, Lennart Bonke, este pombo-correio chegou no primeiro grupo e conseguiu alcançar a primeira posição, entre os inscritos para o Campeonato do Mundo Jovens. Numa prova “decidida ao sprint”, que teve os primeiros lugares separados por margens muito curtas, o 3º classificado desta manhã foi o “atleta” alemão, com a anilha nº0900-566/17, em representação do columbófilo da Alemanha, Merle Wolterink, após ter conseguido uma média de 1090,3221 m/m, num registo semelhante ao 2º classificado.

Algumas imagens da última sessão de preparação para os Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Entre os “atletas” nacionais, o pombo-correio melhor classificado, ficou no 4º lugar da classificação geral. Com a anilha nº 7300511/17, em representação da equipa portuguesa Augusto & Lino, efetuou o percurso numa média de 1090,2067 m/m. De salientar que dos 10 primeiros classificados, para além da quarta posição, há mais 5 classificações de pombos-correio lusos. Três “atletas” da equipa nacional, Sporting Pigeons Team, arrebataram o 5º, o 7º e o 8º lugar da classificação geral, sendo que o 6º lugar foi para outro pombo-correio nacional, que representa o columbófilo holandês, mas que compete com nacionalidade portuguesa, Jansienes Pieter Karst. No 10º lugar ficou o alado com a anilha nº 7117037/17, em representação da equipa lusa Jorge & Rufino, que fez uma média 1089,9471 m/m, resultado que lhe permite ser o 1º classificado, entre os inscritos para a Liga Nacional dos Campeões.

De referir que entre os participantes no Campeonato Nacional de Jovens, competição que tem a sua 1ª edição este ano, o 1ºlugar , no último Treino Oficial, foi alcançado pelo pombo-correio com a anilha nº7208506/17, que representa o columbófilo Flávio Camões. Na classificação geral este “atleta” ficou no 16º lugar, após ter efetuado uma média de 1089,5916 m/m.

Consulte as classificações do Quinto Treino Oficial-. Pode consultar a performance de todos os pombo-correio inscritos, por nacionalidade aqui. Os rankings do Pombo Ás, de todas as provas, estão disponíveis nesta ligação .

Uma segunda galeria de fotografias do treino.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O vídeo com os diversos momentos que marcaram a sessão.

A preparação terminou e dentro de 8 dias (sábado-2 de setembro) decorre a Prova Final dos Campeonatos. A elite columbófila mundial centra atenções no Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova, com Mira a ser o epicentro da grande festa da columbofilia.

Voltamos a relembrar todos os interessados que, como é habitual, no dia da Prova Final, a Federação Portuguesa de Columbofilia coloca à disposição de todas as pessoas que vêm até Mira, a possibilidade de efetuarem reservas para o almoço que irá decorrer na tenda, instalada junto ao Columbódromo. As reservas decorrem por ordem de chegada, até ao limite de capacidade da tenda, podendo ser feitas através do preenchimento do formulário, disponível online.

A presença Gala de Entrega de Prémios e  no Jantar de Gala, que vão decorrer no Hotel Quinta da Lagoa, em Mira, também podem ser feitas através da reserva do respetivo lugar online, no seguinte endereço. Os pormenores sobre as ementas e as reservas de refeições estão disponíveis no site dos Campeonatos, através da seguinte ligação.

Caso não possa assistir ao vivo ao espetáculo da prova final, pode acompanhar a chegada dos “atletas no site oficial dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017 – ou na plataforma da Benzing, um dos patrocinadores oficiais do evento, disponível online.

Todas as notícias sobre os preparativos para os Campeonatos vão ser publicadas no Blog e no site da FPC. Os vídeos dos treinos e outras reportagens estão disponíveis na conta de Youtube da Federação Portuguesa de Columbofilia, que contém todos os vídeos dos treinos-FPC Videos.

A columbofilia no centro do debate durante o Ecomor2017 em Montemor-o-Novo

A 1ª edição do Encontro de Columbófilos em Montemor-o-Novo (Ecomor) decorre no próximo dia 3 de setembro (domingo), durante a Feira da Luz/ Expomor2017, uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, em conjunto com a Associação de Produtores de Bovinos, Ovinos e Caprinos da Região de Montemor-o-Novo- Apormor.  O início do certame está marcado para o próximo dia 30 de agosto, com as atividades e os concertos a decorrerem até ao dia 4 de setembro, no município do distrito de Évora. O evento tem este ano um dia dedicado à columbofilia, com a realização do Ecomor2017. Durante todo o domingo, dia 3, a principal premissa é o debate sobre os temas que marcam a atualidade da columbofilia portuguesa, através de diversos colóquios com oradores convidados.

Com a organização a estar a cargo da Coprapec-Cooperativa Agrícola De Compra E Venda Montemor-O-Novo, Crl, em colaboração com 4 columbófilos montemorenses e o site Columbofilia Online, o evento conta com o apoio da Sociedade Columbófila Montermorense (SCC), da Associação Columbófila do Distrito de Évora (ACD Évora), da Associação APORMOR  e da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo. O Ecomor foi criado a partir de algumas ideias das Jornadas Columbófilas de Montemor-o-Novo, iniciativas que decorreram em 2013 e 2014, dinamizadas pela SCC, que tinham como obejtivo o debate sobre temas de columbofilia.

O local escolhido para acolher o Ecomor2017 é o auditório do Pavilhão Apormor, localizado junto ao recinto do Parque de Leilões de Gado. Um dos responsáveis pela organização do evento, o columbófilo montemorense Roberto Santos, revela a principal ambição que está na base da criação do Ecomor, “queremos colocar Montemor-o-Novo como um local onde os columbófilos podem ter um evento para ir em família e um concelho onde existem oportunidades para se debater vários aspetos da columbofilia portuguesa”, destaca.

A cooperativa local, Copaprec, acabou por dar o primeiro passo para que a iniciativa se pudesse realizar, “eles tentaram criar um evento em que convidavam alguns veterinários para falar sobre diversos aspetos relacionados com o pombo-correio”, refere Roberto Santos. A experiência do columbófilo acabou por ser decisiva para aumentar o número de palestras programadas, “como eu já estive na organização de outros eventos, nomeadamente das Jornadas Columbófilas, fiz alguns convites a amigos pessoais que praticam a modalidade, no sentido de saber se estariam disponíveis nessa data”, declara Roberto Santos. O responsável sublinha a resposta positiva aos convites endereçados, “tive várias confirmações, o que permitiu criar um evento maior, com o foco a estar na área veterinária e em vários aspetos da competição”.

Consulte o programa completo do evento.

cartaz Ecomor-01

A sessão de abertura do Colóquio Copracec e do Ecomor, que decorre no auditório do Pavilhão Apormor, está marcada para as 09h45, do próximo dia 3 de setembro. O primeiro painel de debate, promovido pela empresa Zoetis, começa às 10h00 e tem como tema “o adenovírus nos borrachos”. A oradora convidada é a Dra. Inês Moniz, num momento focado, segundo Roberto Santos, “na questão das vacinas e na importância de uma vacinação correta dos pombos-correio”.

Às 10h30, no mesmo local, começa o segundo momento do colóquio. Dinamizado pela empresa Zoopam, cujo mote para o diálogo é “estratégias profiláticas de patologias em columbofilia”, terá como oradora a Dra. Paula Pereira e “vai abordar a forma de diminuir os efeitos de algumas patologias que aparecem nos pombos”, afirma Roberto Santos.

A manhã de colóquios termina com duas atividades que decorrerem em simultâneo. No auditório do Pavilhão Apormor, com início previsto para as 11h30, começa o painel com o tema “preparação de pombos para um concurso nacional”. Um dos oradores é o Major Carlos Martins, que “é um meteorologista conceituado a nível nacional e que, recentemente, começou a fazer previsões para o site do PIPA (PIPA, jornal da Bélgica, especializado em columbofilia https://www.pipa.be/)”, menciona o columbófilo montemorense. O segundo palestrante da sessão é o veterinário espanhol, Guilhermo Barrallo Fernandez, “que possui uma vasta experiência ao nível das análises, aconselhamento e apoio aos columbófilos, trabalhando, regularmente, com muitos columbófilos portugueses que já foram campeões em diversas provas a nível nacional”, destaca Roberto Santos.

Antes da pausa para o almoço, na sala nº1 do Pavilhão Apormor, com início marcado para as 11h30, decorre a sessão que tem o mote: “Há conversa com: estratégias profiláticas de patologias em ornitologia”. Uma sessão que “é uma mais-valia a nível da ornitologia e da columbofilia e que, quem sabe, poderá ter mais painéis de debate numa próxima edição do evento”, garante Roberto Santos, que clarifica, “ao lado do auditório há uma sala de reuniões, é nesse local que vai decorrer este evento ornitológico, ou seja, é no mesmo pavilhão mas noutra sala”. Relembramos que a ornitologia é o ramo da biologia que se dedica ao estudo científico das aves a partir de diversos aspetos do seu percurso de vida.

Os debates serão interrompidos, para o período do almoço, entre as 13h00 e as 15h00. Os interessados em disfrutar de uma refeição na Feira da Luz/Expomor deverão fazer uma pré-reserva. O responsável da organização deixa um desabafo sobre esta questão, “nós gostávamos de oferecer o almoço aos columbófilos que vêm mas, devido à falta de patrocínios, não conseguimos garantir a gratuitidade dessa refeição”, revelando que “a organização está a conversar com elementos da restauração que estarão presentes, no sentido de conseguir preços mais baixos para os participantes do Ecomor 2017”. Roberto Santos revelou que mais novidades sobre os valores devem “chegar nos próximos dias, sendo que será sempre necessária uma pré-inscrição para o almoço”.

Algumas fotografias do local que vai acolher o Ecomor2017, bem como o programa do evento e da Feira da Luz/Expomor. Pode também visualizar algumas imagens das Jornadas Columbófilas de Montemor-o-Novo ( 2013 e 2014).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Se no período matinal o colóquio está mais centrado na área da veterinária, durante a tarde as atenções estão focadas na vertente de competição da columbofilia. O primeiro painel de debate começa às 15h00, no auditório da Apormor, junto ao recinto do Parque de Leilões de Gado. Sob o mote: “O Pombo campeão e os Campeonatos Nacionais de Fundo”, a sessão tem como oradores diversos columbófilos nacionais. De Beja, concorrente nas provas da ACD Beja e da Sociedade Columbófila Asas de Beja, Bruno Helena. Do mesmo distrito, mas do município de Serpa, Ivo Garcias, membro da Melrinitas Turismo Rural, equipa que compete, a nível de coletividade, na Sociedade Columbófila de Serpa e que se sagrou campeã nacional em 2017, na classificação do Campeonato do Pombo Ás, na especialidade de meio fundo, também irá marcar presença.

Do distrito que acolhe o evento, Évora, mas do município de Estremoz, estará José Carlos Medeiros, elemento da equipa Asas de Estremoz, conjunto que tem os seus “atletas” a competir nas provas da Sociedade Columbófila Rainha Santa Isabel, coletividade da ACD Évora. A equipa esteve em destaque na 44.ª Exposição Nacional e Pré-Olímpica de Columbofilia, evento que decorreu no início do ano no Pavilhão Multiusos de Fafe, no distrito de Braga, ao ter o pombo-correio que ficou no 1º lugar na classe de Standard, na categoria de Borrachos Machos. De salientar que esse alado representou Portugal nas Olimpíadas de Columbofilia que decorreram no final de janeiro, em Bruxelas, na Bélgica. O último orador deste painel é o columbófilo de Santarém, Ricardo Ferreira, que compete no Grupo Columbófilo do Cartaxo. O elemento da organização, Roberto Santos, menciona o que pode esperar quem vier assistir à sessão, “todos os oradores são columbófilos que têm pombos que se destacaram nesta campanha desportiva ou nas anteriores, assim, através dos seus relatos, baseados na sua experiência, estarão em debate diversas questões relacionados com a vertente competitiva da columbofilia”, assegurou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No segundo colóquio da tarde o destaque vai para o Campeonato Nacional de Fundo e as soltas a partir de Valência. Com início às 16h45, já depois da pausa para o café, prevista para as 16h30, o tema da última sessão do Ecomor 2017 é “Provas Nacionais”. Um dos palestrantes deste painel é o atual presidente da direção da ACD Aveiro, Luís Silva, dirigente que merece elogios por parte de Roberto Santos, “ na minha opinião é um dos destaques, a nível nacional, na organização de provas e em toda a gestão de uma Associação”, salientado algumas virtudes do convidado “a sua experiência e trabalho já demonstrado fazem com que seja, seguramente, um momento que vai valer a pena assistir”.

A equipa de Setúbal, Mira & Piedade, que é constituída pelos columbófilos, Francisco Mira e Eduardo Piedade, é outro dos destaques da sessão que irá encerrar as palestras do Ecomor 2017. Atualmente a competir nas provas da ACD Setúbal e, maioritariamente, ao nível de clube, na Sociedade Columbófila Pinhal Novo, foi na Sociedade Columbófila do Montijo que a dupla alcançou o maior feito na campanha desportiva de 2017. O conjunto teve um “atleta” em destaque no Campeonato Nacional de Fundo 2017 ao arrebatar o 1º lugar, a nível nacional, na classificação dos Melhores Pombos conseguindo, simultaneamente, ter o primeiro pombo comunicado em Portugal, na solta que decorreu em Valência, no passado dia 20 de maio.

De Évora estará presente José Carlos Miguéns, columbófilo da Sociedade Columbófila Rainha Santa Isabel, que em 2017 chegou ao 1º lugar, a nível nacional, no Campeonato do Columbófilo, na especialidade de fundo. O último orador a marcar presença é Pedro Barradas, columbófilo do distrito de Portalegre e que compete nas provas do Clube Columbófilo Asas de Portalegre. “Todos eles são praticantes que já conseguiram excelentes resultados, vamos ouvi-los, ver se houve alguma preparação especial e perceber o que eles fizeram na preparação para este tipo de provas”, destaca Roberto Santos.

A sessão de encerramento decorre às 18h00 e Roberto Santos assegura que “todos os que se deslocarem até Montemor-o-Novo vão sair a ganhar, porque ouvir quem já ganhou e debater sobre pombos, só enriquece a modalidade e os seus praticantes”, deixando também uma certeza, ”se vierem até cá, no próximo dia 3 de setembro, com as possibilidades que também há para as famílias, tenho a certeza que será um excelente domingo”.

Toda a informação sobre a Feira da Luz/Expomor será disponibilizada no site da Apormor e na página da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo. Em relação ao ECOMOR, já existe um grupo na rede social Facebook, com o nome ECOMOR e, na mesma plataforma, também já está criado um evento , que contém, entre outros aaspetos, diversas informações sobre a iniciativa. Os dois recursos vão servir, segundo o responsável, para “disponibilizar ao público diversos conteúdos sobre as sessões:entrevistas, fotografias, vídeos e, possivelmente, diretos do evento”.

Com esta organização, Roberto Santos, quer que o Ecomor “seja um momento de partilha de experiências, em que se fala sobre a columbofilia, com o objetivo de ajudar a evoluir a modalidade”. Para todos os que vierem acompanhar os columbófilos até à Feira da Luz/Expomor não irão faltar atividades. O certame promove, entre outras iniciativas, visitas às Grutas do Escoural, classificadas como Monumento Nacional desde 1963, ou ao Centro Interpretativo do Castelo de Montemor-o-Novo. Decorrerem também exposições, mostras culturais e concertos. Roberto Santos revela-nos o seu principal desejo para o dia 3 de setembro, data da realização do 1ºEcomor, “espero que seja um domingo em família e que o dia corra da melhor forma, com os nossos visitantes a estarem contentes e satisfeitos por se ter deslocado até Montemor-o-Novo: as famílias por terem um dia diferente e os columbófilos pela oportunidade de debater os temas que interessam à modalidade, num momento que também é de convívio”, sublinhou o responsável, que aponta o Ecomor2017 como “o maior evento (não desportivo) Columbófilo realizado em Portugal”.

Para além do Parque de Leilões de Gado, a Feira da Luz/Expomor decorre, durante seis dias, em simultâneo, no Parque de Exposições Municipal de Montemor-o-Novo. A entrada em todos os eventos, em ambos os locais, é gratuita.

“Atletas” voaram esta manhã no quarto Treino Oficial dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017

Depois de um terceiro treino difícil, os pombos-correio inscritos nas diversas provas dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017, participaram hoje, 18 de agosto, na 4ª Sessão Oficial de preparação para a prova, cuja solta final está marcada para o próximo dia 2 de setembro.

O local de solta foi alterado, com o percurso a ser igual ao do treino anterior. A localidade de Bairro, no município de Ourém, no distrito de Santarém, voltou a ser o “palco” escolhido, com alados a serem soltos às 09h10, tendo voado 102 kms até “à casa” dos Campeonatos, o Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova. Há dois motivos para opção tomada, como revelou coordenador desportivo da FPC, Almerindo Mota, “houve algumas dificuldades no treino anterior, com a sessão a não decorrer dentro do esperado, a juntar a isso tínhamos, também, condições meteorológicas adversas previstas para hoje, por isso, decidimos, por segurança, fazer a solta no mesmo local do terceiro treino”.

O maior problema esteve relacionado com os incêndios que afetaram todo o distrito de Coimbra (no sábado existiram diversas ocorrências no distrito, com incêndios de grandes proporções nos concelhos de Cantanhede, Coimbra, Figueira da Foz, Miranda do Corvo, Mealhada, Montemor-o-Velho e Soure, tendo sido, inclusive, acionado o Plano Distrital de Emergência e Proteção Civil de Coimbra).

As chamas prejudicaram o treino e Almerindo Mota lamenta esse infortúnio, “os incêndios do passado sábado afetaram todo o distrito de Coimbra e, por conseguinte, as performances dos pombos-correio”. O responsável revela que, “devido aos incêndios, vários pombos foram apanhados já em alto-mar, algo que mostra claramente que eles tiveram de alterar as suas rotas de tal forma, que foram para locais muito distantes do Columbódromo”, salientou Almerindo Mota.

No treino desta manhã foram soltos 1148 “atletas” que foram encestados ontem, dia 17 de agosto. Mostramos-lhe algumas imagens do encestamento.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em destaque no 4º Treino Oficial, o segundo a contar para a classificação do Pombo Ás, cujo regulamento pode consultar aqui, esteve um “atleta” chinês, que conseguiu alcançar o 1º lugar da classificação geral. Com a anilha nº 0044807/17, em representação da equipa alemã, ZG Helios Bucher & Gehrken. Este alado voou para o lugar mais alto do pódio após ter efetuado uma média de 1305,1545 m/m, num registo que lhe permite ser, simultaneamente, o 1º classificado, entre os inscritos para o Grande Prémio FCI Portugal. No 2º lugar ficou o pombo-correio austríaco, com a anilha nº301-1430/17, em representação do columbófilo com a mesma nacionalidade, Leopold Hofmann, que alcançou uma média de 1304,9597 m/mm/m, uma prestação que lhe permite, de igual modo, ser o 1º entre os inscritos no Campeonato do Mundo. O 3º lugar foi alcançado pelo alado português, com a anilha nº 7415364/17, em representação do columbófilo luso, José Sousa, após conseguir uma média de 1304,8206 m/m. Esta performance permite-lhe ser, simultaneamente, o 1º, entre os “atletas” inscritos para a Liga Nacional dos Campeões (prova destinada à participação dos Campeões Gerais das Coletividades Portuguesas da Campanha Desportiva de 2016).

Nos 10 primeiros classificados, para além do 3º lugar, há mais 3 classificações de pombos-correio portugueses. Em 5º lugar ficou o alado com a anilha nº7300511/17, que representa a equipa portuguesa, Augusto & Lino, após ter efetuado uma média de 1304,2088 m/m. O 7º lugar foi alcançado por outro pombo luso, com a anilha nº7117150/17, em representação da equipa nacional, Sporting Pigeons Team, após conseguir uma média de 1303,7643 m/m. O 10º lugar foi para o “atleta” português com a anilha nº 7428034/17, da equipa lusa Tiago & Abel Rodrigues, que fez uma média de 1303,3201 m/m.

Consulte as classificações do quarto Treino Oficial. A performance dos pombos-correio inscritos, por nacionalidade, podem ser consultadas aqui. Os rankings do Pombo Ás, de todas as provas, estão disponíveis nesta ligação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um vídeo com diversos momentos que marcaram a sessão.

A contagem decrescente para a prova final, marcada para dia 2 de setembro, continua. Na próxima sexta-feira, dia 25 de agosto, decorre o quinto e último Treino Oficial, o terceiro pontuável para a classificação do Pombo-Ás. A solta vai decorrer no município de Montemor-o-Novo, no distrito de Évora, tendo os “atletas” de efetuar um percurso de 215 kms até ao Columbódromo, em Mira.

Relembramos a todos os interessados que, como é habitual, no dia da Prova Final, a Federação Portuguesa de Columbofilia coloca à disposição de todas as pessoas que vêm até Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova, a possibilidade de efetuarem reservas para o almoço que irá decorrer na tenda, instalada junto ao Columbódromo. As reservas são efetuadas por ordem de chegada, até ao limite de capacidade da tenda, podendo ser feitas através do preenchimento do formulário, disponível online.

Os interessados em assistir à Gala de Entrega de Prémios e em participar no Jantar de Gala, que vão decorrer no Hotel Quinta da Lagoa, em Mira, também podem fazer a reserva do seu lugar online, no seguinte endereço. Todos os pormenores sobre as ementas e as reservas de refeições estão disponíveis no site dos Campeonatos, através da seguinte ligação.

A preparação para a prova final prossegue e pode acompanhar a chegada dos “atletas no site oficial dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia-Mira2017 ou na plataforma da Benzing, patrocinador oficial do evento, disponível online .

As notícias sobre os Campeonatos estão disponíveis no Blog e no site da FPC. Todos os vídeos dos treinos e outras reportagens estão disponíveis na conta de Youtube da Federação Portuguesa de Columbofilia, que contém todos os vídeos dos treinos-FPC Videos.

Fernando Justino: “É mais difícil treinar um pombo-correio que um guarda-redes de futebol”

Nascido em terras albicastrenses, decorria o ano de 1960 (é natural da freguesia de Salvador, no município de Penamacor, distrito de Castelo Branco) mas, desde muito novo, habituado aos ares e às rotinas da capital portuguesa, Lisboa. A vida de Fernando Justino está ligada ao desporto, nomeadamente a duas modalidades: o futebol e a columbofilia, ou melhor, a columbofilia e o futebol, porque aos 6 anos, o agora treinador de guarda-redes da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), teve o primeiro contacto com um pombo-correio, ainda antes de experimentar o “mundo” dos golos e das grandes defesas.

Entre os 11 e os 22 anos o Sporting Clube de Portugal foi a sua casa (saiu do conjunto verde e branco em 1980). Como guarda-redes passou depois por clubes como o Recreio Desportivo de Águeda, a União Desportiva de Leiria, o Clube de Futebol Os Belenenses, o Amora Futebol Clube, tendo terminado a carreira de jogador, ao serviço do Atlético Clube de Portugal (época 1997/1998). Foi internacional por Portugal nas camadas jovens, tendo participado no Mundial sub20, em 1980, no Japão (prova vencida pela Argentina de Diego Maradona, em que Portugal foi eliminado nos quartos-de-final pelo Uruguai, após vitória por 1-0 no prolongamento).

Abandonou os relvados por pouco tempo. A sua vida profissional continuou ligada ao futebol, tendo iniciado a carreira como treinador de guarda-redes na época 2001/2002, na equipa B do clube que o formou como jogador, o Sporting Clube de Portugal. Saiu da equipa leonina em 2006, quando decidiu abraçar o projeto de Fernando Santos que, na época, se preparava para orientar o Sport Lisboa e Benfica. Com o atual selecionador português viajou para a Grécia, onde acompanhou “o engenheiro” nos trabalhos na equipa de Salónica, o PAOK, 3 épocas, e na seleção Grega, em 4 temporadas (apuramento e fase final do Euro2012 e do Mundial2014). O regresso, pela porta maior, ao futebol português aconteceu em 2015, acompanhando novamente Fernando Santos. Durante o trajeto houve outra paixão que nunca foi esquecida, a columbofilia.

Em entrevista à FPC, Fernando Justino, falou sobre o início da sua ligação à modalidade e destacou as ajudas que teve para manter o seu pombal ativo, nomeadamente do amigo, e também columbófilo, Amadeu Júlio. O técnico sublinhou que a columbofilia “é uma paixão” e que as férias fora das quatro linhas são, muitas vezes, “passadas no pombal”.

Vários “atletas” da sua colónia competiram, durante a campanha desportiva de 2017, nas provas, ao nível da coletividade, da Sociedade Columbófila de Sacavém, ao nível distrital nas da Associação Columbófila do Distrito de Lisboa (ACD Lisboa) e, a nível nacional, nos Campeonatos Nacionais organizados pela FPC. Fernando Justino revelou-nos mais pormenores sobre a sua colónia, bem como algumas conquistas e prémios que já alcançou nas diversas competições. O treinador de guarda-redes da FPF, cuja velocidade é a especialidade de competição favorita, enumerou alguns aspetos positivos e negativos que se registam na evolução da columbofilia.

O técnico abordou a competição de Derbies, tendo dado a sua opinião sobre os Campeonatos Internacionais de Columbofilia-MIRA. Fernando Justino, quando não tem compromissos profissionais, tem por hábito ir até ao Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova assistir ao dia da prova final, que este ano decorre a 2 de setembro. O columbófilo deixou ainda uma mensagem para todos os que continuam a praticar a modalidade e para os admiradores do pombo-correio.

O columbófilo elogiou também os atributos do pombo-correio português.

Já depois de ter ajudado Rui Patrício a ser considerado o melhor guarda-redes do último Campeonato da Europa, foi agraciado com o Grau de Comendador da Ordem de Mérito pelo Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, tendo ainda, no passado mês de julho, dado o seu contributo para o inédito 3º lugar de Portugal na estreia na Taça das Confederações, na Rússia. No futebol os objetivos passam, agora, por levar Portugal a conseguir o apuramento para o Mundial de 2018, na Rússia. Na columbofilia os seus “atletas” têm somado bons resultados e Fernando Justino quer continuar a competir e a praticar este “hobby que muitos amadores amam”, confessou.

Algumas fotografias de Fernando Justino junto aos seus “atletas”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A conversa decorreu no pombal onde está instalada a colónia de Fernando Justino, em Sacavém. A FPC agradece a disponibilidade demonstrada para a realização da entrevista. Toda a reportagem está disponível, na íntegra, no BLOG e no site da FPC. Todos os vídeos da entrevista podem ser visualizados na conta de Youtube da FPC: FPC VIDEOS .